carry on, love

Quando chover, procure pelos arco-íris. Quando estiver escuro, procure pelas estrelas.

“Você me pediu pra eu te esquecer, apagar seu numero e nunca mais te procurar e eu apaguei. Mas era só eu me esforçar que eu lembrava e te ligava, que incrível em meio há meus esquecimentos eu não conseguia esquecer do seu número, do seu abraço, do seu cheiro.”
Caroline Hoier.  (via sonhavas)

“Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe.”
Caio Fernando Abreu. (via autografos)


“Que clichê horroroso. Não existe isso de momento. Um momento só é um momento digno de nota quando referenciado em todos os instantes significativos que sucederam antes de chegar a sua hora. E também há os momentos subsequentes. Ou seja, é ilusão achar que esse troço gostoso que poderia estar acontecendo entre nós lá em cima, agora às 23:37, seria apenas fruto isolado do agora e não um ato cheio de respostas e promessas. Eu não quero mais viver momentos, coisas sem significados. Não quero esquecer o passado e nem descartar o futuro. Ando sofrendo de agorafobia. Me deixa ir pra casa, por favor.”
Gabito Nunes.    (via autografos)


“Guardar ressentimentos é tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.”
Willian Shakespeare    (via pr0verbios)


“Nunca implore carinho, atenção ou amor. Se não é dado livremente, não vale a pena ter.”
Frialidade  (via sonhavas)



THEME